Publicidade
Quinta, 21 Dezembro 2017 16:02

Afinal, a quantas Missas eu preciso ir neste Natal?

Postado por

Feliz Natal, Povo Católico!

Natal é tempo de amor, comemoração e... TRETA! Oi? Como assim? Pois é. Neste ano, a coincidência entre a véspera de Natal e o último domingo do Advento provocou uma treta canônico-catequetico-litúrgica! E agora o mundo católico está parado, pensando: “em quantas missas terei que ir neste final de semana?”

Antes de tudo, queremos agradecer a gentil consultoria de Monsenhor Costa Couto (sacerdote da Arquidiocese do Rio de Janeiro) e de Vítor Pimentel Pereira, Mestre em Direito pela UERJ com Especialização em Direito Canônico pela Universidad Austral de Buenos Aires (ele tem um blog sobre Direito Canônico e esta treta está lá também. Você pode ler clicando aqui).

Outra coisa importante a dizer é que toda essa discussão é de uma pobreza fantástica. Nosso interesse nela deve ser o de compreender as diversas correntes de opinião para entender melhor a questão do preceito. Se você está lendo esse post só pra saber se pode economizar uma Missa no final de semana... tsk tsk tsk... faça um bom exame de consciência e se entender que essa atitude é por falta de fé, por favor, procure se confessar para celebrar dignamente o Natal do Senhor!

Agora se você está lendo só pra ver a treta mesmo... #TamuJunto. E vamos então à pergunta-treta da semana!

Tudo começa quando a gente percebe que o domingo será véspera do Natal. E se pergunta, malandramente, se podemos cumprir os dois preceitos (o do último domingo do Advento e o do Natal) em uma missa só. Bem... todo mundo já deu suas respostas por aí e nós vamos dar também: Sim... dá pra cumprir os dois preceitos em uma missa só, desde que seja na tarde do domingo, véspera de Natal. 

Mas baseado em que estamos falando isso? Respostas no Catecismo da Igreja Católica. Vamos lá: o parágrafo 2180 (seção sobre o mandamento “Guardar Domingos e Festas de Preceito”) tem tudo o que precisamos.

2180. O mandamento da Igreja determina e precisa a lei do Senhor: «No domingo e nos outros dias festivos de preceito, os fiéis têm obrigação de participar na missa» (102). «Cumpre o preceito de participar na missa quem a ela assiste onde quer que se celebre em rito católico, quer no próprio dia festivo quer na tarde do antecedente» (103).

- Catecismo da Igreja Católica n 2180 (equivalente ao cânon 1248 do Código de Direito Canônico)

Em suma, para cumprir o preceito do domingo e dias festivos precisamos:

  • ir à missa;
  • em qualquer lugar;
  • que o rito celebrado seja católico;
  • que o rito seja no próprio dia ou na tarde da véspera.

Repare que não existe mais nenhum tipo de condição! Não se está falando sobre qual liturgia assistir e sobre a quantidade de preceitos que se está cumprindo. A questão parece muito mais simples do que toda essa discussão sugere. 

Daí já temos uma aprendizado importante que provoca muita confusão. O preceito tem a ver com a sua atitude de católico: de guardar o dia e ir à missa. Não tem necessariamente a ver com a sua capacidade de analisar a liturgia e entender se ela está correta ou não. Até porque podem existir ocasiões em que a liturgia do domingo será modificada em uma diocese ou até mesmo em uma única paróquia (por conta do padroeiro, por exemplo). Sem falar que, o “onde quer que se celebre um rito católico” permite a você participar de diversas liturgias que necessariamente serão diferentes entre si. Basta lembrar que a forma extraordinária do Rito Latino (a Missa Tridentina) segue um calendário diferente do utilizado pela forma ordinária (Missa Nova) e cumpre o preceito dominical, mesmo quando há divergências.

Ok... ok... mas todos estão falando de uma consulta ao Vaticano feita em 1974 sobre o tema. Nela se apresentou a seguinte pergunta: 

“Se os fiéis que comparecerem à missa no sábado, 15 de agosto, cumprirão o duplo preceito de ouvir a missa no sábado, festa da Assunção, e do domingo, 16 de agosto”?

A resposta foi negativa e a justificativa foram...

O indulto pelo qual a faculdade é dada para cumprir a obrigação de comparecer à missa na noite de um sábado ou de um dia de festa de preceito é geralmente concedido com vistas a tornar mais fácil o cumprimento de tal preceito, sem prejuízo de cumprir cada dia santo do Senhor (Congregação para o Clero, Responso in USCCB, 35 Years of the BCL Newsletter, p. 450).

Vixe! E agora? Bem, agora é preciso saber que, até o Código Canônico de 1983, a possibilidade de cumprir o preceito na véspera era de fato um “indulto” - ou seja, uma exceção permitida em caso de impossibilidade de se cumprir o preceito no dia correto. Só que isso mudou. 

A partir de 1983, o Código de Direito Canônico absorveu esse indulto e o transformou em regra. Assim, hoje, todas as missas da véspera, a partir da tarde, cumprem o preceito do dia seguinte. Portanto não podemos levar esta consulta de 1974 a ferro e fogo, simplesmente porque de lá pra cá a regra que regia a questão foi alterada.

Enfim. A questão ainda é polêmica e, como existe a dúvida, não se pode cobrar dos fiéis um erro em matéria grave sem que a regra esteja absolutamente clara. Dentro do que é possível observar, basta ir à Missa do Galo para cumprir os dois preceitos.

Porém quem busca a santidade está mais preocupado em conseguir ir à missa diariamente do que em economizar seus encontros com o Senhor. Então, a melhor forma de aproveitar toda essa discussão é aprofundar nosso interesse em conhecer melhor a nossa ooutrina através do Catecismo da Igreja Católica e dos documentos da Igreja.

Aqui, o recomendado nunca é fazer o mínimo. O católico deve buscar a Eucaristia quantas vezes lhe for possível! É como o mandamento da Igreja que diz que somos obrigados a confessar e comungar pelo menos uma vez ao ano, na Páscoa. Ok... essa é a obrigação, mas moralmente, devemos fazer mais, muito mais... o máximo que pudermos!

Então, demos graças a Deus pela excelente oportunidade de ter três dias livres e poder se organizar para participar de todas as celebrações possíveis.

TENHAM TODOS UM SANTO NATAL! 

53583 Sexta, 22 Dezembro 2017 13:10

Comentários   

+1 # Lara 25-12-2017 19:13
Seria excelente tb que os padres buscassem aumentar a disponibilidade para confissões. É difícil essa época do ano infelizmente. Lógico que não tds os padres mas é uma dificuldade que encontro.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Adriana Santos 24-12-2017 10:48
Ir na missa do dia 25 Natal e na missa dia 24 as dez da manhã ..se cumpre o preceito do Natal ..pois nao poderei ir a missa dia 24 a noite ..
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Rocha 23-12-2017 15:47
“Cada um, cada uma, faça o possível para participar no sábado à noite ou no domingo pela manhã da missa do 4º domingo do Advento, para participar também da missa da noite do Natal e/ou do dia de Natal, que tem as duas celebrações características litúrgicas e espirituais próprias. Esse é o ideal que todo cristão católico é convidado a viver”.
O que falta no católico é fé!!!
http://capelapuc.org.br/dom-armando-bucciol-explica-participacao-nas-celebracoes-do-domingo-2412.html
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Renato Losa 22-12-2017 21:08
Mesma coisa no próximo fim de semana com Santa Maria, mãe de Deus e o domingo?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Carlos 22-12-2017 19:54
Eu já acho q tem q ir sábado(quarto advento), domingo (vigília, galo) e domingo (natal do senhor). Parabéns pelo site. Vcs são fera !!! Feliz e santo natal
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Heitor F de Paula 22-12-2017 17:27
Depois de constantes dúvidas quanto a isso, e de ter me deparado com correntes diversas das expostas pelO'Catequista, parece-me que o parecer exposto neste site é o correto, porquanto, o Cân. 1248 — § 1 assim diz: "Cumpre o preceito de participar na Missa quem a ela assiste onde quer que se celebre em rito católico, quer no próprio dia festivo quer na tarde do dia antecedente". Ora, se o domingo e a segunda são dias festivos, significa dizer que é possível participar de tais na véspera imediatamente anterior. Então para participar da missa do domingo é possível ir ao sábado. E para participar da missa de natal na segunda, é possível ir na missa ao domingo. E para participar da missa de domingo e de natal é possível ir ao domingo, pois está cumprindo o preceito da missa de domingo, bem como usando da véspera de natal. Ubi codex iuris canonici non distinguit nec nos distinguere debemus (quando o código de direito canônico não fez distinção o intérprete não pode fazê-la).
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Renato Losa 22-12-2017 16:47
Quanto a um outro assunto polêmico,é a abstinência de carne às sextas,poderiam fazer um artigo,muitos não sabem
Responder | Responder com citação | Citar
# O Catequista 22-12-2017 18:53
Oi Renato! Já fizemos... http://ocatequista.com.br/catequese-sem-sono/catequese/item/18067-peixe-em-dia-de-abstinencia-e-sussa
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Edilson Meireles 22-12-2017 16:14
O Pe. Paulo Ricardo está dando uma resposta diferente:
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # O Catequista 22-12-2017 17:56
A argumentação dele é justamente em cima do questionamento de 1974. E já explicamos que ele não se aplica hoje porque o cumprimento do preceito de véspera deixou de ser indulto (algo excepcional) para ser aceito como regra no Código de Direito Canônico de 1983. Mas, como dissemos no post, é polêmico mesmo. O ideal é evidentemente não ficar economizando missas.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # César Augusto Simões 22-12-2017 15:56
O padre Paulo Ricardo disse que tem que ir em duas missas distintas para cumprir os 2 preceitos. Tá ficando cada vez mais confudo kkkkk :-|
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # O Catequista 22-12-2017 17:55
A argumentação dele é justamente em cima do questionamento de 1974. E já explicamos que ele não se aplica hoje porque o cumprimento do preceito de véspera deixou de ser indulto (algo excepcional) para ser aceito como regra no Código de Direito Canônico de 1983. Mas, como dissemos no post, é polêmico mesmo. O ideal é evidentemente não ficar economizando missas.
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # Helio Gaspar 22-12-2017 14:40
Como bom católico devemos nos esforçar para ir a todas as missas que podemos. A princípio achei estranho a minha comunidade mudar o horário da celebração do domingo das 9h30 como de costume para às 20h.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # O Catequista 22-12-2017 17:54
Sem dúvida nenhuma, Helio! A orientação pastoral deve ser ir em todas as missas.
Responder | Responder com citação | Citar
-1 # Mayk 22-12-2017 14:24
Na minha paróquia as celebrações acontecerão desta forma:
- Dia 24/12, Domingo de manhã (4º Domingo do Advento)
-Dia 24/12, Domingo a noite (Vigília de Natal)
- Dia 25/12, Segunda-feira (Missa do dia do Natal)

Basta ir em uma dessas missas pra cumprir todos os preceitos?
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # O Catequista 22-12-2017 14:38
Oi Mayk. Não... o preceito só pode ser cumprido "duplamente" na noite de domingo. Se for na missa do domingo pela manhã, precisará ir na da noite ou na de segunda-feira.

Aliás, vale dizer que o mais indicado seria mesmo ir nas duas. Mas, se não puder, ok... basta ir na Vigília de Natal que os dois preceitos estarão cumpridos (desde que a Vigília comece antes da meia-noite, ok?).
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Mayk 22-12-2017 19:32
Obrigado, mas agora fiquei com outra dúvida. Na Páscoa, participar da missa do Domingo de Páscoa, cumpre o preceito da Vigília Pascal, como em vice e versa também?
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Taise 22-12-2017 13:36
Catequista? Eu vou ir a missa Domingo pela manha Ok? Mas meu trabalho é das 16 as 20 horas no domingo. A missa aqui começa as 19h. No domingo não terei horário de lanche, mas na segunda,25, terei. Posso ir na missa do dia 25 nesse horário?? É a missa de natal??
Responder | Responder com citação | Citar
+2 # O Catequista 22-12-2017 13:41
Sim! Todas as missas da segunda-feira cumprem o preceito de Natal!
Responder | Responder com citação | Citar
+4 # Thiago AC 22-12-2017 13:11
Data máxima vênia, acredito que a réplica do dicastério deva ser levada em consideração sim, já que o Código a absorve harmonicamente. "Sem prejuízo de cumprir cada dia santo do Senhor", não obstante não haver relevância ao formulário, mas apenas ao Rito Católico, são dois preceitos distintos que exigem duas missas, forma regulamentada de satisfação do mandamento de Guardar Domingos e Dias Santos, cada qual em seu tempo útil. Matar dois preceitos distintos em um parece nitidamente forçado, tanto quanto a interpretação que tenta atrelar a missa e o preceito ao formulário. Missa do Galo cumpre um dos preceitos, se antes das 0h. Mas apenas um.
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # O Catequista 22-12-2017 13:31
Na verdade, Thiago, houve uma alteração. Na época da resposta do discastério o cumprimento do preceito na véspera era um indulto. Agora não é mais. Se acatarmos que a resposta de 1974 ainda é válida, teremos que reeducar nossos fiéis a ir à missa (e cumprir o preceito) aos sábados somente em caso de extrema necessidade.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # GERALDO 26-12-2017 15:06
E por falar em preceito, Alexandre, não sei se vocês já trataram desse assunto, mas me parece ser um tema muito rico para uma postagem: a obrigatoriedade da missa dominical e, especialmente, o fato de ser pecado mortal não cumprir este preceito.

Conheço muita gente, mas muita gente mesmo, que estranha demais isso não conseguindo perceber como uma omissão que "não prejudica ninguém" possa ser considerada tão grave. Para quem compreende bem a coisa, é muito óbvio que desligar o aparelho pelo qual um doente respira é assassinato (ou suicídio, se o próprio doente fizer isso) . Trago a comparação só para contrastar : a missa é muito mais crucial para a nossa vida e a do mundo todo e esse "oxigênio" não pode ser cortado nunca. Creio que vale à pena tirar o máximo de consequências deste fato, para desfazer um "raciocínio" tão comum: "se meu coração não pedir para ir à missa e eu for, estarei sendo inautêntico..."
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Jeferson 23-12-2017 18:16
[continuação]
Agora, uma vez que as II Vésperas do IV Domingo do Advento e as I Vésperas do Natal do Senhor coincidem, há as "Normas universais sobre o ano litúrgico e o calendário" que também explicam.
https://pt.slideshare.net/RodrigoThiagoPassosSilva/normas-universaise-calendrio

"61. Se no mesmo dia devem celebrar-se as Vésperas do Ofício corrente e as Vésperas do dia seguinte, prevalecem as Vésperas da celebração que ocupa lugar superior na tabela dos dias litúrgicos; em caso de igualdade, porém, celebram-se as Vésperas do dia corrente"

O Natal tem lugar superior ao Domingo, logo nas Vésperas do dia 24/12/2017 cumprimos o preceito DO NATAL e não dois preceitos simultâneos.
O preceito do Domingo cumprimos no sábado (23) e no domingo (24) até antes das Vésperas, cumprindo assim o proposto pelo CDC que não vai contra as Nomas universais do ano litúrgico e calendário.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Jeferson 23-12-2017 18:10
Eu concordo com o Thiago.
Analisando o CDC na ordem em que apresenta a questão do preceito temos:
"Cân. 1246. O domingo, dia em que por tradição apostólica se celebra o mistério pascal, DEVE ser guardado em toda a Igreja como o dia de festa por excelência. DEVEM SER GUARDADOS IGUALMENTE o dia do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Epifania, [...]
Cân. 1247. No domingo E nos outros dias de festa de preceito, os fiéis têm a OBRIGAÇÃO de participar da missa [...]
Cân. 1248. Satisfaz o preceito de participar DA missa quem assiste à missa em qualquer lugar onde é celebrada em rito católico, no próprio dia de festa ou na tarde do dia anterior. [...]"

Pela leitura completa dos cânones, o CDC mostra a obrigatoriedade de se cumprir cada um dos preceitos: o domingo e os dias de festa.
O cânone 1248 fala especificamente do preceito de UMA Missa, não faz junção de dois preceitos.
[continua....]
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Thiago AC 22-12-2017 16:43
Discordo. Há harmonia entre o Código e o disposto pelo dicastério, "sem prejuízo de cumprir cada dia santo do Senhor". Preceito não é Dimension 2 em 1 quando caem em dias diferentes.
Responder | Responder com citação | Citar
-3 # O Catequista 22-12-2017 17:57
O centro do argumento é o "indulto". Se ele não vale mais, todo o resto passa a não se aplicar.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # VIVIANE DOS SANTOS M 22-12-2017 12:18
A Missa de Domingo à noite (Solenidade do Natal) cumpre o preceito do dia 25? Na minha paróquia haverá Missa no dia 25 pela manhã também mas não irei, por isso minha dúvida.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # O Catequista 22-12-2017 13:32
Cumpre sim, Viviane!
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade