Publicidade
Terça, 12 Setembro 2017 20:23

Falou que o diabo não existe: já sei que é herege!

Postado por

Os hereges modernistas insistem em difundir a ideia de que o diabo não existe de verdade, que é apenas um mito, um símbolo do mal. Isso é ótimo para Satanás, que pode então pode usar a tática de agir de pegar as pessoas desprevenidas – pois quem não acredita na existência do ladrão não se preocupa em proteger sua casa contra ele.

As seguintes palavras do beato Paulo VI traduzem de forma claríssima a doutrina bimilenar da Igreja acerca do demônio: ele é uma criatura real!

“Uma das maiores necessidades da Igreja é a defesa contra este mal chamado Satanás. O diabo é uma força atuante, um ser espiritual vivo, perverso e pervertedor; uma realidade misteriosa e amedrontadora.” (Alocução “Livrai-nos do Mal”- L’Osservatore Romano, 24/11/1972).

Quem diz o contrário cai em heresia – ou seja, comete o pecado gravíssimo de negar uma verdade revelada da fé católica, um dogma. Isso também foi ensinado por Paulo VI:

“Sai do âmbito do ensinamento bíblico e eclesiástico quem se recusa a reconhecer a existência desta realidade... ou a explica como uma pseudo-realidade, como uma personificação conceptual e fantástica das causas desconhecidas de nossas desgraças” (SEDOC, 5 Março 1973, 1037)

O Papa Francisco já advertiu em numerosas ocasiões que Satanás não é fantasia:

“Mas a esta geração – e a tantas outras – fizeram acreditar que o diabo fosse um mito, uma figura, uma ideia, a ideia do mal. Mas o diabo existe e nós devemos lutar contra ele. Di-lo Paulo, não o digo eu! A Palavra de Deus di-lo. Mas nós não estamos tão convencidos.” (Homilia na Casa de Santa Marta. 30/10/2014)

Em outra homilia, o Papa foi ainda mais enfático sobre isso:

“A presença do demônio no mundo é real e não uma fábula. É o Evangelho que o diz e os cristãos devem sempre estar alertas contra o maligno”.

“Alguns padres, quando leem esta passagem, ou outras, dizem que Jesus curou aquela pessoa de uma doença mental. É verdade que antigamente se podia confundir epilepsia com estar possuído pelo demônio – disse o Papa – mas é igualmente verdade que o demônio existe! A presença do demônio está na primeira página da Bíblia e também no final, com a vitória de Deus sobre ele”.

“É a Palavra do Senhor. Peçamos a Ele a graça de levar a sério estas coisas. Ele veio lutar por nossa salvação e venceu o demônio! Não façamos negócios com o demônio; ele tenta voltar para casa, se apoderar de nós. Não devemos relativizar, mas vigiar, sempre e com Jesus”.  (Homilia na Casa de Santa Marta. 11/10/2013)

NÃO DEVEMOS RELATIVIZAR essa questão da existência real do demônio, ok? Tá mais claro que Michael Jackson depois de tomar remédio para ficar branco, mas ainda assim, está desenhado no topo desse post...

Para quem quiser estudar mais esse assunto, recomendamos o livro de J. E. Martins Terra, S.J. (sim, um sábio jesuíta!): "Existe o Diabo? Respondem os Teólogos".

5898 Quarta, 13 Setembro 2017 20:15

Comentários   

0 # Teresinha 18-09-2017 15:32
Irmãos, Michael Jackson tinha uma doença chamada vitiligo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # A Catequista 19-09-2017 19:33
Nós sabemos. Mas ele tomou medicamentos para ficar branco, sim. Ele achou que era melhor ficar todo branco - de forma homogênea - do que ficar com as manchas características de quem tem vitiligo.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alex Hoffmann 14-09-2017 11:01
Para aqueles que insistem em dizer que na época não se tinha ciência (apesar de que quem diz isto nunca ter estudado anatomia, nem nunca ter visto sequer uma célula em microscópio) e que somos modernos (e não sabe nem o que é um microscópio), diz ainda que aquele povo era bobo e supersticioso (vive batendo na madeira 3x, usa pé de coelho junto com terço e plantou espada de sao jorge no jardim pra espantar maus espíritos).
Para aqueles que conhecem alguma coisa de ciência (mas toda virada de ano insiste naquela cueca branca) e para pagar de sabichão diz: mas podia ser doença mental...
A Igreja diz o seguinte:
Aí o sabichão:
Jesus é Deus!
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade