Publicidade
Sábado, 16 Maio 2015 14:26

Catolicast 09 - Nossa Senhora de Fátima - Parte 1

Postado por

Oi Povo Católicoooooo!!!!!

Olha aí mais um Catolicast! Desta vez, falando sobre Nossa Senhora de Fátima! Ouça e deixe o seu comentário!

 

INTERROMPENDO O SEU BANHO SEMANAL!!!! Nesse catolicast se reuniram: Tháina Goulart (La Cerise), Vitor Ferreira, Vitor Quintes e o Carlos Weslly para contar a história das aparições de Nossa Senhora de Fátima.

Nesse Catolicast: Conheça um pouco sobre a realidade de Portugal e do mundo na época das aparições, saiba um pouco sobre a história dos pastorinhos, conheça a história da aparição do anjo de Portugal e saiba diferenciar revelação publica de revelação particular.

 

 

FEED PARA iTUNES (e outros leitores de Podcast):

Então... melhor deixar pra lá.

 

LINKS IMPORTANTES OU CITADOS NO PROGRAMA:

558

Comentários   

0 # Rafael 20-09-2017 17:54
Esse post valeu mais pelos comentários do Pe. Orlando Henriques do que pelo Catolicast em si. As participações deste Catolicast ficaram meio confusas, e a gravação pára aos 30min., mas agradeço pela intenção e pelo esforço. Gosto muito do tema e, além disso, a aparição de Nossa Senhora em Fátima é de suma importância para nossa fé, para sanar nossos problemas de conversão e para entender os males que nos assolam hoje. Continuem!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Albari 25-07-2015 19:16
Vejo muita gente sem noção nenhuma e até mesmo por hipocresia vem condenando a RCC (Renovação Carismatica Católica) É importante ter uma visão clara que: Como qualquer movimento católico, a RCC não é infalível, e pode naturalmente possuir alguns aspectos que precisam ser purificados. Que grupo na Igreja não tem seus defeitos e seu lado obscuro? Alias a RCC está despertando nas pessoas um amor maior pela sua Igreja! João Paulo II Vésperas de Pentecostes, 29 Maio de 2004 (Graças ao movimento carismático tantos cristãos, homens e mulheres, jovens e adultos, redescobriram o Pentecostes como realidade viva e presente na sua existência quotidiana. Faço votos por que a espiritualidade de Pentecostes se difunda na Igreja, como renovado impulso de oração, de santidade, de comunhão e de anúncio.”). Devemos incentivar a RCC o que ela já tem de bom, como: a vida de oração, o uso dos meios de comunicação de massa na evangelização, os vários apostolados sociais, etc. Vários Papas apoiaram a RCC. Um exímio exemplo foi o Papa João Paulo II, que, aos 30 de maio de 2004, na Solenidade de Pentecostes, proclamou: "Longa vida aos carismáticos!".
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Maurício Silva 09-07-2015 12:46
Pessoal, registrem os podcasts no iTunes. Eu ouço por agregador de podcast e vocês não estão lá.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Vitor Quintes 23-07-2015 17:33
Em breve amigo, em breve!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Isac 25-05-2015 10:17
CUIDADO COM APENAS GESTOS EXTERNOS DE FRATERNAL-HUMANISMOS... Sabemos que a diabólica e arquimilionária maçonaria é que comanda tudo nesse mundo que jaz sob o Maligno, tendo os comunistas como subsidiários; seriam os grupos Bildbergs/Illuminati/Sabios de Sião e outros associados que foram se firmando desde o Iluminismo, da Reforma Protestante em adiante. Aliás, que "Reforma" boa: criou milhares de seitas dissociadas entre si, a dita cuja que o diabo queria... As profecias mais antigas que Fátima em consonancia, como N Senhora em Quito, prevê o caos nos séculos XIX e XX, em pleno andamento e nesse ínterim apareceu o genocida comunismo: "As classes e as raças fracas demais para enfrentar as novas condições de vida devem sair eliminadas no Holocausto Revolucionário" - Marx. Vejam como os abortistas comunistas prezam a vida: "A morte de um homem uma tragédia; a morte de milhões, apenas estatísticas" - Stálin! Não é sem bases que a INQUISIÇÃO COMUNISTA trucidou só no século XX quase 200 000 000 de pessoas, e onde se mantém no presente, é via miséria e violência que provoca. Nenhum país até hoje avançou sob esse modelo comunista, sendo a miserável Cuba Trotsky-stalinista o exemplo desse fracasso material e o ético-moral, esse o pior! O comunismo seria a “... cabeça ferida de morte que retorna a ter vida”, conforme consta do Ap 13.12; pensava-se que o comunismo findara com a queda do Muro de Berlim, mas retornou de tática inovada: ao invés de criar mártires, optou pela subversão por doutrinas falsas, como os regimes socialistas, lobos vermelhos passando-se por ovelhas "libertadoras". Esse seria o regime tirânico que o anticristo quer implantar, para que domine os povos pelo terror; eis o castigo pelas apostasias do Ocidente à Igreja, que estaria inclusive infiltrada; os homens optaram por ideologias e seitas as mais variadas, como as da "Reforma Deformada". E os sacerdotes, a começar dos mais altos postos, muitos silentes se enquadrariam no: ... cães mudos que não podem ladrar, que vêem coisas vãs, que dormem... Is 56,10. O comandante geral do caos, de forma camuflada e usando seus fantoches humanos, como governos comunistas, apoiadores, eleitores etc., é garantidamente Satã e suas legiões!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Janes 24-05-2015 19:05
Este blog vez ou outra traz artigos questionando a atuação da CNBB. Eu tenho para mim, que isso tem menos a ver com os bispos em si e muito mais a ver como uma burocracia ideológica que se instalou ali, falando em nome da CNBB. Mas infelizmente até os melhores bispos não conseguem apanhar o fio da meada da confusão toda. Creio que os três artigos abaixo ajudam a esclarecer um pouco o que anda acontecendo: 1) O primeiro diz da limpeza que os bispos dos Estados Unidos tiveram que fazer na conferencia deles , justamente para desmontar o imenso aparelhamento ideológico que ali fora feito. Um aparelhamento semelhante ao que vem ocorrendo com a CNBB há tempos, apesar de a qualidade pessoal dos bispos, ter subido; 2) O segundo texto traz a confissão de voz própria de um peixão do PT e nome influente no Foro de São Paulo, afirmando claramente que a reforma politica (que a CNBB tem endossado) é parte de um projeto de poder ditatorial maior e que a CNBB não passou de uma das peças do jogo de xadrez por eles manipulado. 3) O terceiro é um vídeo acerca do recente caderno de teses do PT, que praticamente ilustra o segundo texto. Agora os bispos não tem pretexto algum, são fontes primárias. Quem sabe o blog encampa uma iniciativa visando esclarecer à CNBB (pelo menos aqueles bispos dentro dela que ainda são honestos e fieis ao povo e à igreja) acerca do seu papel de idiota útil na mão de psicopatas famintos de poder? EIS OS LINKS: http://www.ihu.unisinos.br/noticias/537700-a-igreja-tem-a-ver-com-verdadeiro-e-falso-nao-com-esquerda-e-direita-entrevista-com-francis-george http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/foro-de-sao-paulo/15842-2015-05-20-03-51-55.html https://www.youtube.com/watch?v=bD4_YlWEPK4 As denúncias seríssimas, vem de grupos que parecem ser honestos e bem intencionadas (de um modo geral ligados ao site Mídia Sem Máscara) mas que não representam exatamente a posição católica que seria mais uma postura pautada pela Doutrina Social da Igreja (grande lacuna cultural cá no Brasil...Quem sabe O Catequista puxa isso...?) . Mas de todo modo, são coisas irrefutáveis e vindas de fontes primarias. Os próprios criminosos é que confessam (no caso dos últimos links).
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Geraldo 25-05-2015 20:43
Acho que a coisa estaria assim: alguns bispos que estariam infiltrados na direção da CNBB, sempre na direção, desde D Hélder, manipulam os outros até com ameaças e conseguem acuá-los; por sua vez, esses calados á força, não teriam coragem de os enfrentar, ou por prudência ou outros motivos, como não criar polêmicas, divisões entre eles, etc. Já o saudoso D Luiz Bergonzini - o leão de Guarulhos - desafiou alguns bispos que apoiaram Dilma em 2010 e dizia "não posso concordar com alguns irmãos de episcopado" e fazia oposição pública a eles! Espanta-me: com tanta instrução teológica e geral, comparando os procedimentos do PT que é oficialmente diabólico e abortista, não seria o suficiente para o combater, assim como as ideologias marxistas, comparando com as duras sentenças de condenação dos últimos 10 papas até Bento XVI?
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Janes 27-05-2015 22:39
Zenit traz - a propósito - um interessante artigo (que mereceria um post aqui) mostrando que o conjunto de nossos bispos e dioceses (e do povo de Deus no Brasil sobretudo!) é muito maior - e melhor!! - que a CNBB, que definitivamente NÃO NOS REPRESENTA, NÃO REPRESENTA NINGUÉM A NÃO SER O NICHO IDEOLÓGICO EM QUE ELA SE TRANSFORMOU. Veja o artigo: http://www.zenit.org/pt/articles/a-maioria-dos-catolicos-e-dos-bispos-do-brasil-nao-apoiaram-a-proposta-de-reforma-politica-da
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Renan 22-05-2015 06:19
Quanto se ajuntam as previsões de N Senhora, a partir de Quito, posteriormente La Salette, Lourdes e Fatima, mesmo Akita, notam-se uma serie de seguidas advertências e previsões muito sincronizadas dos eventos calamitosos que afetarão a humanidade, acaso o mundo não se converter. Apesar disso, parece o mundo não está nem um pouquinho interessado nisso; outra seria a meu ver, é a atividade satânica que está muito aumentada, a tomar como base nessas profecias de previsão de intensificação de sua maléfica atuação.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Janes 21-05-2015 10:08
Gostaria muito que na PARTE 2 desse podcast fosse esclarecido algo sobre a polêmica da suposta falsa Irmã Lucia. Muita gente fica atordoada com esse negócio e uma palavra de vocês pode ajudar. Sugiro que tentem falar com o Pe.Paulo Ricardo a respeito, pois ele é uma pessoa muito séria e ponderada.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Antonio Gabriel Cerqueira Gonçalves 21-05-2015 05:21
Olá amigos, gostaria de sugerir: a elaboração de um artigo sobre como se deu o início da Igreja Católica (pois muitos acusam Constantino como o seu fundador); outro sobre a Trindade Santa e para que criem um formulário de contato a fim de possibilitar o contato direto dos leitores do blog com a sua equipe editorial, ademais um grande abraço a todos, Antonio Gabriel.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Tháina Goulart 21-05-2015 10:37
Antônio, na nossa fanpage temos contato direto com os ouvintes e procuramos atendê-los de forma satisfatória. Tuas sugestões serão anotadas e futuramente falaremos desses assuntos, mas tudo dependerá do nosso planejamento interno (temos por enquanto uns 2 casts para gravar antes desses sugeridos). Desde já agradecemos pelas sugestões e não deixe de curtir nossa fanpage: https://www.facebook.com/catolicast?fref=ts
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Igor Kauan 20-05-2015 10:25
Eu sei que não tem haver com o tema, mas poderiam fazer uma postagem sobre as "ancilas". Sempre fico com duvida nesse aspecto quando podem colocá-las para servir ao altar.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Padre Orlando Henriques 19-05-2015 19:57
Um contexto histórico digno de nota é que Portugal, na época das aparições, era governado por uma República extremamente hostil à Igreja. A República Portuguesa foi implantada em 1910, por acção de sociedades secretas e fortemente anticlericais, nomeadamente a maçonaria e a carbonária. Consta que Afonso Costa, um dos principais governantes desse tempo, tinha como sonho acabar com a religião em Portugal em duas gerações. Os jesuítas foram expulsos, os bens da Igreja nacionalizados, foram proibidas as manifestações públicas de fé, como as procissões e o toque dos sinos das igrejas, foram abolidos os feriados religiosos, foi proibido o uso da batina fora das igrejas, foi aprovada a lei do divórcio… Imaginem o que é acontecerem as aparições de Fátima e começaram a ir multidões para a Cova da Iria num contexto destes! Daí as intervenções das autoridades civis e das várias forças republicanas (com a maçonaria sempre por trás): o rapto dos pastorinhos pelo Administrador de Vila Nova de Ourém (impedindo-os de comparecerem na aparição de 13 de Agosto de 1917), o envio de tropas para a Cova da Iria a seguir às aparições, as crónicas satíricas e cheias de ódio dos jornais republicanos; actos de vandalismo na Cova da Iria, dos quais o pior foi terem dinamitado a primitiva capelinha das aparições…
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Sidnei 19-05-2015 22:38
É Padre Orlando, mas como bem disse Nosso Senhor, as portas do inferno não prevaleceriam contra a sua Igreja, dinamitaram a capelinha primitiva das aparições, hoje, em contra partida há duas imensas basílicas no local, fora o grande número de peregrinos que lá recorrem. Poucos aqui no Brasil conhecem desta história de perseguição a Igreja Católica pelo governo republicano aí em Portugal, história esta que se repetiu no México, na França e na Espanha, e depois dizem que a maçonaria é do bem. Sorte nossa que aqui no Brasil tais perseguições não chegaram a tanto, houve também, mas não chegou perto das perseguições que houveram no México, Espanha na França e aí em Portugal.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Padre Orlando Henriques 23-05-2015 23:12
E, de qualquer forma, a Capelinha foi logo reconstruída. Apesar de tudo, a perseguição em Portugal na 1ª República não foi tão dura como no México (onde fuzilaram tanta gente) ou em Espanha, mas os padres (e não só) tinham que andar com muito cuidado, e houve episódios terríveis. Houve um Bispo (penso que foi mesmo aquele que viria a ser o Bispo de Leiria D. José Correia da Silva, mas não tenho a certeza) que foi sujeito a uns interrogatórios com os pés em água gelada, tortura da qual se ressentiu até ao fim da vida. Afonso Costa fez a Lei da Separação (separação entre a Igreja e o Estado) que, sob teóricas boas intenções de laicidade, foi, na prática, um laicismo feroz, uma intromissão na vida da Igreja pior do que no tempo da monarquia. Foi a República Portuguesa que deu personalidade jurídica às seitas protestantes, mas não lhes nacionalizou os edifícios com respectivos recheios, como fez à Igreja Católica. Algumas comunidades de Freiras que ainda houvesse foram brutalmente expulsas das suas casas religiosas. Em Coimbra, por exemplo, o Comissário da Polícia foi ao Carmelo (o mesmo mosteiro onde mais tarde havia de viver a Ir.ª Lúcia) com alguns agentes para expulsar as Irmãs em plena noite de chuva torrencial. Uma Carmelita mais velha chorava que metia dó: é que ela tinha mais de 90 anos e vivia naquele mosteiro desde os 7 anos de idade! Mas nós já temos uma história de anti-clericalismo antiga, desde o tempo do Marquês de Pombal, que, entre outras “façanhas”, expulsou os jesuítas, infestou a universidade de regalismo (doutrina perversa que defende a intromissão do Estado na vida da Igreja), prendeu por 8 anos em condições sub-humanas o Bispo de Coimbra, que ousou fazer-lhe frente… Depois veio a guerra civil, em que venceram os liberais, que logo mostraram também bastante empenho em acorrentar a liberdade da Igreja: em 1834 as ordens religiosas foram expulsas de Portugal (as masculinas tiveram que sair imediatamente e as femininas foram proibidas de admitir noviças, subsistindo as comunidades até que morresse a última), os mosteiros foram leiloados (e desbaratados…) ou aproveitados para quarteis… Na Diocese de Coimbra houve um cisma! O nosso Bispo (que não era favorável ao governo) estava exilado no Brasil, mas deixou cá nomeado um Vigário para governar a Diocese por sua vez; por sua vez, o Estado nomeou um “vigário” para governar a Diocese… O resultado foi que uns padres (a quem a vida começou a correr mal) obedeciam ao Vigário legítimo, nomeado pelo Bispo, enquanto os outros (conforme as preferências políticas) obedeciam ao “vigário” nomeado pelo governo… Mais tarde, em 1910, veio essa “especialidade”, que foi a 1ª República, que, além da alta hostilidade à Igreja, ainda nos foi meter numa guerra em que escusávamos bem de ter entrado… Com a ditadura de Salazar, cessou a perseguição à Igreja, mas apenas de forma INTERESSEIRA, e com muitos espisódios de graves intromissões na vida e assuntos da Igreja. A seguir, com a revolução de 25 de Abril de 1974, saímos de uma diatdura fascista mas quase que íamos entrando numa ditadura comunista!... Felizmente que as coisas se encaminharam para uma coisa muito mais equilibrada! E a história continua hoje… Já temos essas abominações consideradas "evoluídas": o é aborto legal, os maricas já se podem cá casar… e também já estão a “afiar o dente” à adopção de crianças (não tarda nada, os socialistas cá da nossa praça já têm isso como promessa eleitoral). Mas, pelo menos, os cristãos têm liberdade e nós, os padres, podemos mover-nos livremente como qualquer cidadão e evangelizar sem medo. Até quando? Só Deus o sabe...
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Sidnei 24-05-2015 02:18
"Feliz a nação que tem o Senhor por seu Deus, e o povo que ele escolheu para sua herança." (Salmos 32, 12) Depois da Irlanda que outrora foi um dos países mais católicos do mundo, ter aprovado o casamento gay, não vejo mais nenhuma nação que tenha DEUS como seu Senhor.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Alex Hoffmann 19-05-2015 22:30
Boa noite caríssimo Padre Orlando Henriques, sua bênção. Eis ai mais um relato de que a maçonaria é uma organização secreta, que quer o fim da Igreja Católica, que é contra Deus, que tem seus princípios e políticas advindas dos infernos, que satanás é que comanda este antro. E o povo acha que não. Bem como, os responsáveis por fazer com que muitos dos jesuítas se corrompessem com o comunismo e as idéias marxistas foram os maçons. Quem foi que expulsou os jesuítas de suas missões na américa latina foi a maçonaria que governava. Como pode o povo ainda se iludir como sendo esta organização secreta uma coisa boa que só faz obras boas. É como penso, existem duas classes de pessoas que irão direto para o inferno, são os comunistas e os maçons. Os demais que se perdem é por ignorância, ou é por impenitência, ou por acharem que os deuses não são ruins e irão salvá-lo mesmo que peque, mas estes dois grupos não. Estes dois grupos, os maçons e os comunistas, sabem exatamente o que fazem e sabem exatamente o que querem, ao lado de quem lutam, e contra quem lutam, e é única e exclusivamente contra a Igreja de Cristo. Pois seus conselheiros advém diretamente das profundezas do inferno. E depois ainda tem gente que acha que o demônio é só uma lenda, que não passa de estorinha para espantar criança. Pobres pessoas aquelas que se deixam enredar por estas coisas, por tais pessoas. Não estou aqui dizendo que o fulano que é comunista vai para o inferno, ou que siclano que é maçom vai para o inferno, pois Deus pode muito bem fazer o que bem quiser e dar uma graça especial a qualquer pessoa, por mais perdida que esteja. Mas falo, daqueles que, conscientemente, com o pleno uso da razão e vontade estão enganjados nestas organizações e querem o fim do Reino de Cristo, visível neste mundo, pois este Reino, salva muitas almas (Reino de Cristo na terra: Igreja Católica Apostólica Romana). Se exagerei, peço que me digam onde exagerei, mas se falei o que é, porque minimizar. Afinal, minimizar a realidade é dar munição na mão do inimigo para ele te matar.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Padre Orlando Henriques 23-05-2015 23:23
Sobre maçonaria (e não só), aconselho toda a gente a ver este vídeo: https://www.youtube.com/watch?t=431&v=0h6XOz3Trck Ele diz aqui cada coisa! O vídeo foi posto on line há 2 semanas e já tem mais de 4000 visualizações!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Padre Orlando Henriques 19-05-2015 19:38
Atenção, Portugal participou, sim, na 1ª grande guerra. O que, aliás, só reforça ainda mais o significado de as aparições se terem dado, precisamente, nesse momento dramático da nossa história. A neutralidade e a pobreza e fome de que vocês falam foi o nosso contexto na 2ª guerra mundial, e não na 1ª. É verdade que não houve combates nem bombardeamentos em Portugal, mas Portugal participou activamente na 1ª guerra mundial, e, com um número de mortos e feridos elevado. Foi particularmente trágica a batalha de La Lys, acerca da qual já ouvi dizer que foi «o maior desastre militar português depois da batalha de Alcácer-Quibir, em 1578» (e Alcácer-Quibir foi mesmo uma desgraça…). Na 2ª guerra mundial livrámo-nos de participar, e isso sempre foi tido como uma graça especial concedida por meio de Nossa Senhora, embora tivéssemos que suportar um duro racionamento, pois tínhamos que mandar para lá mantimentos. A estátua de Cristo Rei em Almada, frente a Lisboa, inspirada no Cristo Redentor do Rio de Janeiro, foi erigida como agradecimento da graça de não termos entrado na 2ª Grande Guerra.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Tháina Goulart 21-05-2015 10:39
Padre, muito obrigada pelos ensinamentos e pelos esclarecimentos. Realmente não sabíamos desses pormenores e por isso confundimos os momentos históricos. Relembrando as leituras do livro "Memórias de Irmã Lúcia" posso perceber que cometemos alguns equívocos que escorregaram pelas nossas mãos. Sua bênção!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Alex Hoffmann 18-05-2015 19:45
Não interromperam meu banho semanal não, ele é mensal. Desta vez não deu pra me atrapalhar.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Tháina Goulart 18-05-2015 19:22
Oi Angelo, Então...rs. Aqui no site existem vários posts sobre esse tipo de assunto. Se possível converse com o seu padre sobre o ocorrido. Confira os posts sobre isso aqui no Catequista. E nos diga o que achou do programa em si! Salve Maria
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Angelo 17-05-2015 23:06
Boa noite, aqui na minha paróquia, foi realizado um evento da RCC DENTRO da igreja, onde se incluiu danças, músicas infantis, uma pregação estranha (que deu a entender que Jesus não é o primogênito da criação), com "oração" em "línguas"... O que devo fazer, visto que este pessoal têm um salão paroquial, mas decidiram fazer o evento, devido o dia da ascensão de Cristo? Obrigado pela atenção!
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Renan 22-05-2015 06:07
O RCCismo dessa forma, outro tal como presenciei, em que houve até "expulsão" de Satanás de uma pessoa, não passa de um culto igual dessas seitas pentecostais protestantes que de nada diferenciam-se de terreiros, como na IURD, que tem SESSÕES DE DESCARREGO, parece que toda sexta-feira. O RCC é de origem protestante e quem praticar esse tipo de suposto catolicismo citado, é protestante pentecostal disfarçado de católico. As grandes manifestações do Espírito Santo ocorreram apenas no começo do cristianismo e aos poucos foram diminuindo, à medida que a fé se arraigava. RCC = Porta de entrada pro protestantismo, ou ele mesmo!
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade