Publicidade
Sexta, 26 Maio 2017 13:43

A resposta da FLIP sobre o evento na Igreja Matriz de Paraty

Postado por

Oi Povo Católico!

Na última quarta-feira, enviamos uma Carta Aberta à organização da FLIP (leia aqui) por conta da notícia veiculada pela PublishNews com a seguinte manchete: "Flip vai para a igreja, mas retira os santos". A notícia dizia que a FLIP iria transferir parte da sua programação para dentro do espaço da igreja e removeria os santos para adaptar o espaço à "Experiência FLIP". Nossa carta pedia aos organizadores do evento que considerassem escolher outro local, por dois motivos:

1) o local é sagrado e é um risco receber esse tipo de evento;

2) esconder os santos não seria um descaso com a cultura católica? Sendo assim, não seria melhor fazer em outro lugar?;

Depois disso, a FLIP e a Publishnews entraram em contato conosco e reproduzimos a íntegra das suas respostas neste post. Mas, antes, aqui vai um resumo da ópera: os santos permanecerão na igreja. Apenas o sacrário será removido, evidentemente em respeito à Nosso Senhor Jesus Cristo. Na verdade, a informação de que os santos seriam removidos não era correta. A confusão ocorreu por uma interpretação errônea da Publishnews sobre o fato. O erro já foi corrigido e uma errata publicada (veja mais abaixo neste post).

Mas se por um lado a questão dos santos está resolvida, por outro, o evento continuará sendo feito dentro do espaço sagrado do templo. A FLIP, no entanto, com muito boa vontade, afirma estar atendendo a todas as solicitações feitas pelo padre responsável pelo local, a fim de evitar possíveis problemas. Mesmo assim, reiteramos que o espaço sagrado continua exposto a riscos que podem acabar exigindo reparações/desagravos ou até mesmo atitudes mais graves após o evento. Obviamente estamos falando de questões de ordem espiritual. Entendemos que todas as precauções possíveis estão sendo tomadas para preservar o espaço físico.

Enfim. Feito o resumo, gostaria apenas de acrescentar a abertura ao diálogo da FLIP e da PublishNews (que continua sendo referência para notícias do mercado literário, mesmo nunca tendo falado do nosso livro rs...). Seguem abaixo as íntegras dos comunicados enviados pelas duas instituições, bem como os links para a matéria corrigida e para a errata.

 

A RESPOSTA DA FLIP:

Caro Alexandre,

Agradecemos o envio de sua carta e a possibilidade de apresentar alguns esclarecimentos às suas preocupações.

A Festa Literária Internacional de Paraty – Flip guarda o mais profundo respeito pela Igreja Católica, assim como pelas demais instituições, religiões e credos. A programação da Flip há 15 anos reflete essa postura, aliada a uma defesa ativa do diálogo, da pluralidade de ideias e da convivência pacífica. Não será diferente este ano.

A possibilidade de realizar a Festa na Igreja da Matriz de Paraty, patrimônio histórico nacional, e um espaço de vital importância cultural e social para o município é uma honra para a Flip.

Todas as tratativas para a viabilizar a realização da Flip na Igreja Matriz foram em consonância com as autoridades eclesiais locais, que reconhecem a seriedade da Flip e seu intuito em ser um espaço de debate qualificado. O respeito recíproco que sempre pautou essa relação foi o que nos permitiu estabelecer essa colaboração.

A beleza da Igreja Matriz e seu valor arquitetônico são inegáveis e guardam absoluta sintonia com os princípios de preservação e valorização do patrimônio histórico sempre defendidos pela Flip. Assim, as adaptações visam exclusivamente a composição de um espaço tecnicamente adequado para acomodação dos autores, do público e a realização das mesas da Flip, bem como sua transmissão ao telão, na Praça da Matriz, e pela internet.

Destacamos que o diálogo mantido com autoridades eclesiais locais prossegue de forma permanente, para que sejam assegurados o respeito e os cuidados necessários.

 

Um abraço,

Equipe Flip

 

A RESPOSTA DA PUBLISHNEWS:

Caro Alexandre,

Venho por meio deste e-mail esclarecer que houve um erro em nossa notícia publicada na terça-feira (23/5), na qual afirmamos que a Igreja da Matriz de Paraty retiraria os santos para receber a Flip. O erro já foi corrigido na notícia original e hoje em nova nota no nosso site.

Editor PublishNews

 

OS LINKS:

Notícia original da PublishNews, já corrigida (com título diferente e com a nota da errata ao final): http://www.publishnews.com.br/materias/2017/05/23/flip-vai-para-a-igreja-mas-retira-os-santos

Errata da PublishNews: http://www.publishnews.com.br/materias/2017/05/25/erramos-a-flip-nao-vai-retirar-os-santos-da-igreja-matriz

 

Pronto... estão aí as considerações, povo católico, digamos com um final meio feliz.  Resta rezar e confiar nos responsáveis pela Igreja Matriz de Paraty para que tudo corra bem.

5505 Sexta, 26 Maio 2017 14:26

Comentários   

0 # Everton 31-07-2017 11:49
Senhores catequistas, peço que leiam a seguinte matéria divulgada no site UOL:

https://paginacinco.blogosfera.uol.com.br/2017/07/30/quem-e-o-historiador-que-tomou-cachaca-e-cantou-ponto-de-umbanda-dentro-da-igreja-em-paraty/
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Reynaldo Zanon 31-07-2017 23:59
Além de tomar cachaça cantando um ponto de umbanda, outro palestrante questionou a virgindade de Maria!!! Houve várias outras barbaridades nesse local sagrado. Total absurdo os padres responsáveis pela Igreja Matriz de Paraty terem permitido essas imensas heresias dentro da igreja!
Responder | Responder com citação | Citar
0 # MARCO DI SANZO 31-07-2017 00:38
Respeitam mesmo locais sacra dos...
https://paginacinco.blogosfera.uol.com.br/2017/07/30/quem-e-o-historiador-que-tomou-cachaca-e-cantou-ponto-de-umbanda-dentro-da-igreja-em-paraty/
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # Samara 01-06-2017 14:14
Que falta de temor é essa? Então, tudo bem correr o risco de ofender a Deus? Claro que não! Se é pela beleza arquitetônica, pura e simplesmente, façam em outro belo lugar.
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # JOÃO JOSÉ - JUBILEU 28-05-2017 23:55
(continuação do comentário anterior)
É tradição que o Templo sirva de abrigo nas calamidades; de asilo aos perseguidos; de ponto de concentração para debates de interesse da comunidade; para cultos ecumênicos, demonstrando respeito e tolerância a outras crenças e atividades sociais.
A Matriz já foi cenário e auditório de filmes, teatros, peças musicais, conferências, etc. Nunca vi desrespeito Àquilo e Àquele que ela representa e abriga.
No momento o Brasil passa por uma crise sem precedentes que abala todos os setores.
Precisamos nos unir para superá-la.
Paraty e Flip precisam-se mutuamente.
E a FESTA LITERÁRIA, que é INTERNACIONAL, é DE PARATY.
Tenho certeza que será muito boa e proveitosa para todos a união da experiência da Paróquia com a da FLIP. Por isso aprovo com entusiasmo a parceria.
JUBILEU
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Valbelo Comunian 22-06-2017 19:58
Para eventos festas, peças musicais, teatro etc existem os salões. Templo é lugar sagrado e não profano.
Responder | Responder com citação | Citar
+1 # JOÃO JOSÉ - JUBILEU 28-05-2017 23:36
Na Matriz há uma Santa Ana lendo as escrituras para Santa Maria, ainda menina, transmitindo o momento mágico em que, tirando do papel e da tinta, surgem estórias encantadoras, registros e opiniões sobre a humanidade e o Sagrado, como, para nós, cristãos, é o Livro dos Livros.
Como leitor contumaz, a Imagem, para mim, sempre é motivo de
respeito e admiração. Por isso, acho que, durante a Festa Literária, ela deve ter lugar de destaque a motivar os fiéis às boas leituras. (continua no próximo comentário)

JUBILEU
Responder | Responder com citação | Citar
+10 # Luiz H. Kuchnir 27-05-2017 01:08
Se o Sacrário precisa ser retirado do solo sagrado é sinal de que o local está sendo usado para o propósito errado. Que façam esse evento em outro lugar, outra cidade, ou não façam.
Responder | Responder com citação | Citar
+6 # Beto Rabello 26-05-2017 18:33
O templo sagrado só tem uma finalidade que não servir de palco para a Flip. Lembra quando Jesus expulsou os ventilhoes.
Responder | Responder com citação | Citar
+6 # Marcos Paulo 26-05-2017 15:48
A Paróquia de Paraty precisa de um salão para eventos. Por mais que irão respeitar o Templo, o Sacrário terá que ser retirado porque não tem como ficar ali, diante da situação.
Responder | Responder com citação | Citar
+14 # Marco Antônio 26-05-2017 14:44
Note-se também que todos os elogios e lisonjas constantes da mensagem resumem-se ao aspecto patrimonial e histórico do prédio. Faz questão também de ressaltar que respeita a todas as religiões. Ou seja, não devemos mais respeito a vocês do que devemos a todas as outras crenças e vamos respeitar o lugar porque é patrimônio histórico. A mentalidade lexa do Estado laico que está destruindo nosso país. Se realmente respeitassem alguma coisa não fariam o evento lá dentro. A casa de Deus não é lugar de evento, mas casa de oração Mas se a própria autoridade eclesiástica permite isso, não se vá exigir dos agnósticos do Estado laico que o façam. Uma pena mesmo
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Valbelo Comunian 22-06-2017 20:02
Abordagem perfeita.
Responder | Responder com citação | Citar
+3 # Antonio Carlos 28-05-2017 04:15
Você disse tudo Marco Antonio! Parabéns! E justamente o que eu constatava ao ler o comunicado e estava pensando em responder. O mero 'patrimônio histórico' e o 'todas as religiões' só demonstram que por trás das belas palavras se esconde a indiferença religiosa e o desrespeito pela fê Católica. E mais, autênticos pastores não permitiriam isso dentro da Casa de Deus!
Que Maria Santíssima interceda por nos!!!
Responder | Responder com citação | Citar
+13 # Fernanda 26-05-2017 14:28
Sinceramente não é correto. O pior de tudo é que os organizadores receberam autorização do Padre.. Não dá pra acreditar..
Responder | Responder com citação | Citar
+7 # Robson Sacramento 26-05-2017 16:23
Citando Fernanda:
Sinceramente não é correto. O pior de tudo é que os organizadores receberam autorização do Padre.. Não dá pra acreditar..

Verdade, Fernanda! O ambiente da Igreja não é lugar para "debate", mas para o exercício da fé e zelo pelo sagrado.
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Maria 06-08-2017 03:24
Receberam autorização e pagaram R$ 50.000,00. Em outros tempos eu diria para procurarmos a CNBB, atualmente...
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade